Resíduos Hospitalares

Os resíduos de serviços de saúde (RSS), comumente associados à denominação lixo hospitalar ou resíduo hospitalar, é o nome que se dá aos resíduos originários de ações em hospitais. Estes representam uma fonte de riscos à saúde humana e ao meio ambiente, devido principalmente à falta de adoção de procedimentos técnicos adequados no manejo das diferentes frações e seus descartes.

Pensando nisso, o Campinas Day Hospital realiza o descarte de seus resíduos, através da Tecam. Essa coleta é feita de forma rigorosa, realizada por transportes adequados e profissionais capacitados que utilizam acessórios de segurança para sua não contaminação. Esses resíduos são gerenciados em conformidade com a RDC 306/2004 - ANVISA/MS e CONAMA 358/2005 (MMA). Esse gerenciamento é constituído por um conjunto de procedimentos de gestão planejados e implementados a partir de bases ciêntíficas e técnicas, normativas e legais com o objetivo de minimizar a produção de resíduos e proporcionar aos resíduos gerados um encaminhamento seguro, de forma eficiente, protegendo à saúde pública e o Meio Ambiente.